Responsabilidade na parte que nos cabe na construção do progresso do Brasil, independentemente de cor, credo, profissão e posicionamento político.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

IMBECILIDADES SERÃO PUNIDAS NO RJ

RIO - O trote para os serviços de atendimento a emergências que envolvem remoções, resgates, combate a incêndios ou ocorrências policiais, será cobrado na fatura da conta telefônica. A lei do deputado Flávio Bolsonaro (PP), que cria a cobrança, foi sancionada pelo governo.
A proposta estabelece que os órgãos públicos que oferecem estes atendimentos divulguem tabela de custos de todas as etapas, desde o atendimento até o deslocamento das equipes. Caberá às operadoras de telefonia identificar os responsáveis pelos trotes e cobrar os valores.
- É uma proposta essencialmente educativa, que busca acabar com este hábito, que prejudica o atendimento de polícia e bombeiros e os cofres públicos - explicou o parlamentar.

Um comentário:

MENEZES disse...

Excelente ideia! Amigos,como façopara segui-los?

IMPORTANTE

Senhor Jornalista, a imprensa deve atribuir responsabilidades às autoridades. Caso contrário, será apenas uma omissa medíocre exercendo a função de relações públicas daqueles que afundam o país. Pense nisso!